Obra na Av. Hermeti Piochi está parada aguardando repasse

0
607
Asfalto da avenida foi aberto para instalação de tubulação

Em outubro do ano passado, a Gazeta de Vargem Grande publicou uma reportagem sobre as obras que ocorrem na Avenida Hermeti Piochi de Oliveira.
Na época, ao ser questionada pela Gazeta após um leitor comunicar a paralisação da obra, a prefeitura informou que a empresa contratada para a obra mantinha dois funcionários trabalhando no local e ressaltou que ela não estava parada.
Explicou também que em virtude da pandemia da Covid-19, muitas fábricas interromperam a produção de materiais, e naquele momento estava sendo difícil encontrar os materiais necessários para realização da obra, principalmente aqueles derivados dos plásticos, como tubos de PVC. Assim, a empresa contratada aguarda a chegada desses materiais para prosseguimento, enquanto isso foi iniciado a execução dos Poços de Visita (PVs).
Segundo a prefeitura, também houve um atraso na liberação dos recursos por parte do Fehidro.
No entanto, há algum tempo é possível observar que não há evolução na obra. Inclusive tem crescido mato onde o asfalto teve de ser aberto para a instalação da tubulação. Os poços de visitas construídos estão sem tampa, embora haja sinalização, isso coloca em perigo pedestres e condutores que por ali passam.

Prefeitura
A reportagem questionou a prefeitura se a obra está parada e em caso positivo, por qual razão, se há expectativa de retomada, o que ainda falta ser feito e quando ela deve estar concluída. Segundo o informado pela prefeitura, a obra segue parada em virtude da Secretaria Executiva do Conselho de Orientação do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) não ter liberado os recursos da 1ª parcela, previstos no Convênio.
No entanto, o Agente Técnico do Convênio deu parecer favorável ao procedimento licitatório e solicitou ao Agente Financeiro o desembolso referente a 1ª parcela do Convênio, o que deve viabilizar a retomada da obra.
Segundo a prefeitura, ainda será executada a conclusão de todos os poços de visita e término da rede de esgoto, que se encontra parcialmente executada, além da recomposição do pavimento. “Com o pagamento da 1ª parcela do desembolso, a prefeitura acredita que a empresa vai retomar os serviços no local e concluir os trabalhos, encerrando a obra por definitivo, acabando assim com os transtornos causados aos moradores, pedestres e motoristas que passam pelo local”, respondeu o Executivo à Gazeta.

Nova rede
A obra teve início em setembro de 2020 e tem como objetivo otimizar a captação de esgoto daquela região, estando prevista a construção de 14 poços de visita (PV). Conforme ressaltou o Executivo, ao final da instalação da tubulação da rede, será recuperado a base e o pavimento asfáltico da via.
O investimento para a obra é de R$ 113.725.13, e o recurso estava previsto por meio de convênio com o Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), da Bacia do Rio Pardo.
Em reportagem do final de agosto, a Gazeta de Vargem Grande noticiou que o município conta com coleta e tratamento de 92% do esgoto produzido. Com a instalação deste tronco coletor, a prefeitura e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAE) pretendem identificar áreas pontuais onde efluentes estão sendo lançados indevidamente nos rios, canalizá-los e direcioná-los para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui