Vargem participa de Marcha em Brasília

Amarildo e Canarinho acompanham abertura do evento

Com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL), dos presidentes do Senado Federal e da Câmara dos Deputados, Rodrigo Pacheco (PSD) e Arthur Lira (PP), além de membros do Conselho Político da Confederação Nacional dos Municípios (CMN) foi realizada na manhã da terça-feira, dia 26, a solenidade de abertura da XXIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, no Centro Internacional de Convenções de Brasília (CICB). De Vargem Grande do Sul, compareceram o prefeito Amarildo Duzi Moraes (PSDB), o diretor de Desenvolvimento Juliano Scacabarozi e o vereador Canarinho (PSDB), que foi ao evento com recursos próprios.
A marcha reuniu mais de oito mil autoridades municipais, entre prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de milhares de cidades brasileiras. “Passa por nossas mãos não o futuro dos municípios apenas, mas o desta grande nação, Brasil. Se para a prefeitura não é fácil, imagine para a presidência da República. Nós pedimos sabedoria, força para resistir e coragem para decidir”, falou o presidente Jair Bolsonaro em seu pronunciamento.
A marcha foi encerrada no dia 28, com a leitura da Carta Municipalista, que será entregue aos presidentes da República, Jair Bolsonaro; do Congresso, Rodrigo Pacheco; e do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux.
Vargem
A Marcha contou com uma extensa programação, com diversos simpósios, plenárias e debates. Assistindo a plenária sobre Consórcios Públicos, o prefeito Amarildo fez o uso da palavra, comentando a respeito do Conderg, órgão do qual é presidente.
Em sua página no Facebook, o prefeito comentou sobre a importância do evento. “O objetivo principal da Marcha é fortalecer os municípios brasileiros para que eles tenham melhores condições a cada dia de atender suas respectivas populações. Para que haja avanço, precisamos cobrar mudanças nas leis existentes, especialmente as relacionadas com a melhor distribuição das receitas. As pessoas não moram ou vivem no Estado ou na União, as pessoas moram e vivem no município. Os municípios não podem continuar sendo o ente federativo que menos recursos recebe na distribuição das receitas, sendo o que tem mais obrigações. A luta municipalista deve ser constante e efetiva”, afirmou.
O vereador Canarinho também destacou a importância de se estar presente neste evento, comentando a respeito da participação de reuniões e debates. Em seu perfil no Facebook, afirmou que após o encerramento do evento, seguiu em visita a gabinetes de deputados federais em busca de recursos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui