Espetáculo É tudo família! Virtual estreia nova temporada

As transmissões seguem durante todo mês de maio. Foto: Divulgação

A Catarsis Arte para Infância e Juventude retoma a temporada desta peça, adaptada para o ambiente virtual, dia 1º de maio, sábado, às 16h. Ao todo, serão dez apresentações aos finais de semana, de 1 a 30 de maio, sempre aos sábados, às 16h e aos domingos, às 11h.
Os ingressos poderão ser adquiridos gratuitamente através do site da produtora ou diretamente no Sympla.
Os espectadores também receberão, por e-mail, o programa do espetáculo com as informações, curiosidades da produção e uma sugestão de brincadeira sobre o tema da montagem.
“Acreditamos que nada substitui o teatro presencial e que é muito importante continuar alimentando a cultura, a criatividade e a arte. A linguagem para o ambiente virtual é muito nova e diferente do que pesquisávamos e produzíamos, mas considerando o contexto em que estamos vivendo, a necessidade do distanciamento social, só é possível chegar ao público das cidades contempladas no nosso projeto através das apresentações online. Talvez essa seja uma nova forma de arte que tem um alcance mais abrangente e democrático”.

On-line
Prêmio APCA 2018 de melhor espetáculo infantil de texto adaptado, Prêmio São Paulo de Teatro Infantil e Jovem 2018 nas categorias de melhor espetáculo infantil e melhor texto adaptado e indicado na categoria de melhor espetáculo para público infantil e jovem do Prêmio Aplauso Brasil, É Tudo Família! teve sua encenação adaptada para o ambiente digital.
Nesta versão, a sala de aula onde se desenrola a trama foi transferida para o contexto virtual – como está acontecendo hoje com a maioria das escolas que estão fazendo aulas online com os alunos.
A atriz Aline Volpi conta que o processo de mudança para o online exigiu uma adaptação na dramaturgia, no sentido de enxugar e adequar o texto. Residentes em Jundiaí, os atores do elenco, cada um em sua casa, ensaiaram de forma remota com o diretor Kiko Marques, que estava em sua casa em São Paulo.
Na busca por melhores resultados no vídeo, eles receberam orientação de Marisa Bentivegna em relação à escolha de locais adequados em termos de cenário e iluminação. “Essas mudanças influenciaram a adequação do texto”, afirma Aline, comentando que toda a encenação acontece ao vivo, com o auxílio de um técnico que opera o som e solta a trilha especialmente composta.

A peça
O que é família? Davi, Lucas, Lucinha e Júlia têm 9 anos e meia hora para responder essa pergunta em forma de seminário para a sala toda e para o professor bem bravo. Eles estão na mesma classe, no 4ºB. Por conta da pandemia, as aulas estão sendo on-line; então, o seminário deverá ser por videoconferência. E outra, Davi tem uma irmã, um meio-irmão e duas meias-meias-irmãs; tem uma mãe e um meio-pai, um pai e uma meia-mãe, um meio-meio-pai e uma meia-meia-mãe.
Lucas tem uma irmã, um pai e uma mãe; quando briga com a irmã, ele vai pra casa dos avós. Lucinha tem pais que nem se falam; mora só com a mãe; e queria ter um irmão pra brincar. Júlia não tem irmãos, mas tem tudo em dobro. Então, eles não sabem o que dizer: família é um grupo de pessoas com laços de sangue? Ou um grupo de pessoas que moram na mesma casa? Ou um grupo de pessoas que se gostam? Ou um grupo em que há pai-mãe-filhos? Ou é tudo família? Este é o mote da peça É Tudo Família! Virtual, livremente inspirada no premiado livro homônimo das autoras Alexandra Maxeiner e Anke Kuhl (publicado pela KlettKinderbuch, Leipzig/Alemanha).

Ficha técnica
Texto literário: Alexandra Maxeiner. Ilustrações do livro: Anke Kuhl. Tradução do livro: Hedi Gnädinger. Dramaturgia: Tábata Makowski. Direção: Kiko Marques. Elenco: Aline Volpi; Ana Paula Castro, Marcelo Peroni, Vladimir Camargo. Assistência de direção: Victória Camargo. Trilha Sonora Original: Morris. Cenografia e Criação de Luz: Marisa Bentivegna. Figurinos e Adereços: Eliseu Weide. Design Gráfico: Giovana Del Masso. Apoio Técnico: Rodrigo Moraes e Y Produções.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui