Dia das Mães, dia do amor

0
404

Esta semana foi particularmente muito difícil no Brasil. O país ultrapassou o número de 416 mil mortos pela Covid-19, desde o início da pandemia. Apenas nesta semana, quatro vargengrandenses morreram em decorrência da doença. É fato que o número de pessoas que se recuperaram é algo a ser celebrado. Segundo o Ministério da Saúde, dos 15 milhões de brasileiros que já contraíram a doença, 13,5 milhões já estão curados. Em Vargem, são 2084 casos acumulados, com 1.980 pessoas curadas.
Mas ainda são muitas pessoas doentes, acamadas. Muitas em leitos de Unidade de Terapia Intensiva. Em Vargem, são sete moradores que estão hospitalizados em alas de enfermaria e outros seis em UTI.
São muitas mães na cidade que passaram pela angústia de verem seus filhos internados, lutando contra esta doença. São muitas mães que também precisaram de auxílio médico, que ficaram internadas tratando da Covid-19.
Outro fato que chocou o país, foi o ataque a uma creche em Saudades, município de 8 mil habitantes em Santa Catarina. Um rapaz de 18 anos, armado com um facão, golpeou e matou uma professora, uma agente educativa e três bebês. Que mundo é esse onde mães choram a morte tão brutal de seus filhos? Como a mãe deste assassino vai seguir após uma barbaridade tão grande praticada pelo próprio filho?
São tantas notícias ruins, pesadas, em um intervalo tão curto de tempo, que se tem a sensação de que não há mais jeito para esse mundo onde vivem quase 7 bilhões de seres humanos. Mas, é exatamente na humanidade que resta a esperança. Pois a humanidade é criada por mães. E o amor de mãe é algo inexplicável.
O amor materno ampara, acolhe, cura, constrói, socorre, protege, cultiva e alimenta. E é isso que a Gazeta de Vargem Grande traz em sua reportagem especial do Dia das Mães. Que este amor é a esperança de que a humanidade pode ser melhor e fazer melhor.
Numa semana de tantas notícias pesadas, é o amor que vai acalantar os corações de cada um. O colo de mãe, a saudade de uma mãe que já partiu, o conselho de uma mãe que não desiste. O amor de cada mãe do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui