Sant’Ana, rogai por nós

Gregório Pasquini

O assunto volta a agitar os apaixonados pela Romaria dos Cavaleiros de Sant’Ana, mas este ano, não haverá o cortejo novamente. Todos nós queríamos que esse desfile repleto de fé e imponente jamais deixasse de acontecer.
É acima de tudo, uma demonstração viva do inequívoco amor por nossa Padroeira, que tem abençoado seus filhos em todos os setores: industrial, comercial, lavoura, pecuária, e outras atividades.
Senhora Sant’Ana, conduzi-nos diante de Cristo, teu filho adorado, para um desabafo e nunca desanimar nas horas cinzentas e tristes. Mãe do silêncio, fica perto de nós, para que ninguém interrompa nossa caminhada, quando surgirem os abismos da desesperança e a dúvida apagar o clarão da luz do Espírito Santo, nosso condutor. Quando achar que não existe mais nenhum remédio, Sant’Ana mostra como dobrar os joelhos e orar como Jesus nos ensinou: Pai Nosso, que estais no Céu… Aí vem a calma, e a tranquilidade.
Lembre-se que por detrás de uma nuvem, o Sol sempre volta a brilhar e aquecer nosso espírito empreendedor. Participantes de várias cidades e regiões, marcavam presença em numerosas e bonitas comitivas.
O que encantava também era o respeito que os visitantes têm para com Sant’Ana e Vargem Grande do Sul. A eles expressamos nossos agradecimentos e aplausos pela demonstração de fé.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui