Lula percorreu as ruas de Vargem em 2000

0
881
Em Vargem, Lula apoiou a chapa de Celso Ribeiro e Zé da Kibon. Foto: Arquivo Gazeta
Em Vargem, Lula apoiou a chapa de Celso Ribeiro e Zé da Kibon. Foto: Arquivo Gazeta

Luís Inácio Lula da Silva, 34º presidente a governar o país, esteve em Vargem Grande do Sul em 2000, dois anos antes de sua eleição. Lula nasceu no dia 27 de outubro de 1945, em Caetés (PE). Um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores, Lula foi líder sindical e deputado federal por São Paulo de 1987 a 1991.

Disputou as eleições presidenciais em 1988, 1994 e 1998. Na disputa de 2002 foi eleito presidente e reeleito na de 2006.

Na manhã do dia 14 de junho de 2000, Lula chegou a Vargem para participar do lançamento da candidatura da chapa formada por Celso Ribeiro e Zé da Kibon.

Corrupção

Lula deu uma entrevista à Gazeta ponderando que a corrupção era uma marca na política brasileira. Que os eleitores deveriam estabelecer critérios para escolher em quem votariam, evitando políticos que dilapidavam o patrimônio público. “Você não pode por para legislar em seu nome ou administrar o dinheiro que você paga de imposto, qualquer um. Você não toma para ser seu compadre um bandido. Você não contrata um advogado picareta. Você contrata pessoas de bem, que você tem confiança. Na política tem que ser assim. O eleitor antes de votar tem que pesquisar a vida do candidato a prefeito, a vereador”, disse à reportagem na época.

Disse ainda: “nós não iremos mudar o Brasil se não mudarmos a classe política e não mudaremos a classe política se não mudarmos a consciência do próprio povo”, afirmou na ocasião.

Em Vargem

Depois de atender a imprensa, Lula seguiu em carreata pelas ruas da cidade e seguiu para o diretório municipal do PT, que era presidido por Zé da Kibon, onde falou ao público e foi recebido pelo então prefeito Locateli, o presidente da Câmara, Zaqueu Naliati Júnior e diversos políticos de Vargem e região.

Aos presentes, Lula destacou a importância da criação de empregos, do investimento em educação. Como na ocasião a cidade passava pelo processo de cassação da então prefeita Denira Tavares Rossi, Lula mais uma vez criticou os danos causados pela corrupção.

Na sede do PT local, falou aos políticos presentes. Foto: Arquivo Gazeta

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário
Por favor insira seu nome aqui